Sorteios: Guia do Mestre 3.5 (TD20), Pacote de Dados e Action Figure (Naruto)

Estreando a nova categoria “Sorteios“, venho divulgar um sorteio da galera da Taverna do Elfo e do Arcanios em parceria com a Biblioteca Élfica.  Sigam as regras descritas baixo e boa sorte a todos.🙂

tor-gdm-capa-horz

Terceiro Sorteio da Taverna do Elfo e do Arcanios… COM 3 PRÊMIOS!!! (Não se acostumem).

Que tal ganhar o livro físico Guia do Mestre 3.5 do Sistema Tormenta D20, ou um Pacote de Dados (7 dados), ou que tal um Action Figure (Naruto)???

Prestem bem atenção, por que esse sorteio é bem diferente!!! O intuito é que os amigos que são marcados ao compartilhar a postagem, também ganhe prêmios! (Não adianta marcar qualquer um).

Para participar do sorteio, o participante terá que:

  • Curtir as páginas do Facebook: Taverna do Elfo e do Arcanios / Biblioteca Élfica
  • Compartilhar publicamente a postagem sobre o sorteio, marcando no mínimo 2 amigos que moram na mesma região (De preferência, marcar os amigos ao compartilhar a postagem da TEA e o compartilhamento ser diretamente da página da TEA).
  • Acessar o link: Sorteios: Guia do Mestre 3.5 (TD20), Pacote de Dados e Action Figure (Naruto)[OFICIAL] e clicar no botão Quero Participar!
  • Se responder a pesquisa, os Deuses ficarão felizes com você: https://arcanios.typeform.com/to/mktLfv
  • O sorteio acontecerá no dia que a página do Facebook da TEA atingir 13.100k de curtidas, ou, atingir o limite de participantes possíveis (200) no aplicativo (Atualmente temos em torno de 12.870k), será usado o aplicativo Sorteie.me no Facebook, sendo sorteado somente um ganhador, o mesmo irá escolher o seu prêmio e dizer qual das pessoas que ele marcou, ganhará o prêmio 2 e o prêmio 3 (O action Figure [1 unidade] e a cor do pacote de dados [7 dados] serão combinador com as pessoas escolhidas).
  • Ganhadores de sorteios anteriores poderão participar, mas estes deverão marcar 3 amigos ou mais, pois caso eles ganhem, irão dar aos amigos todos os prêmios, escolhendo quem dos amigos irá ganhar o quê. (Tudo é sorte pessoal!).
  • Entraremos em contato com o ganhador para receber todas as informações de entrega do mesmo (Caso o mesmo não se pronuncie dentro de alguns dias, perderá os prêmios), e os prêmios serão enviados pra um endereço só, sendo acertado com os ganhadores de pegarem os prêmios com o ganhador oficial, uma vez que estamos levando em consideração que vocês irão marcar seus amigos próximos. Vale ressaltar que para receber o produto, o ganhador (Ou ganhadores) terá que pagar o frete! (Há não ser que o frete seja realmente barato, aí arcaremos sem nenhum problema).
  • De preferência, gostaríamos que o ganhador e os amigos ganhadores tirassem uma foto com seus prêmios, para mostramos a seriedade do sorteio.
  • Qualquer dúvida, entre em contato conosco pelo nosso Pergaminho de Contato, ou o Zopim(Canto direito inferior do site da Taverna).

E… a largada foi dada!


Realização:
Taverna do Elfo e do Arcanios

Parcerias:
Biblioteca Élfica

Quem quiser participar das Parcerias da Taverna do Elfo e do Arcanios, podem entrar em contato através do e-mail (tavernadoelfoedoarcanios@gmail.com).
Aceitamos qualquer parceria que beneficie nossos clientes/fãs!

Link Oficial: http://tavernadoelfo.com.br/sorteios-tormenta-d20-guia-do-mestre-3-5-pacote-de-dados-e-action-figure-naruto/?fb_ref=Default

Vikings

Fala galera, tudo blz?

Nestes últimos tempos venho muito assistindo a série Vikings e confesso que estou fascinado e empolgado com tudo isso. Para quem não conhece, por favor comece a assistir rsrs a série é muito boa.

Vikings
Vikings

O post de hoje vem falar sobre possíveis inspirações para o seu RPG através de séries do gênero, no nosso caso a série de hoje a ser abordada será Vikings. Antigamente minhas ideias sobre novas aventuras ficavam apenas no papel, mas hoje em dia com advento da tecnologia, todas as ideias ficarão aqui.

Bem, sobre a ideia que me veio a cabeça seria uma aventura baseada apenas em combatentes, não haveria classe conjuradora, magias e outras coisas do gênero. Se houvesse seria algo extraordinário e único. O contexto da aventura estaria baseado nos personagens jogadores interpretando soldados que serviriam a um Lord conforme é apresentado no seriado. Eles invadiriam terras conquistando riquezas como ouro, escravos e outras coisas de interesse para o seu Lord. Nesta trama seus personagens começariam como simples soldados e poderiam subir de posto fazendo novas conquistas conforme acontece com o personagem principal da série (o Ragnar).

Quanto a religião, a aventura poderia seguir conforme o seriado onde os personagens seguem a cultura dos deuses nórdicos que conhecemos ou o mestre pode introduzir uma nova hierarquia de deuses que ele mesmo invente. Eu particularmente prefiro criar novos deuses.

O cenário não precisa ser exatamente igual ao nosso mundo real, o mestre pode muito bem desenhar um novo mapa, definir os reinos existentes e traçar toda a história de conquista de terras que seus personagens vão vivenciar. Uma outra coisa bem legal que acontece muito na série é a ganância dos personagens. Eles estão constantemente em busca de poder e fama, aquele quer firmou uma aliança com você hoje pode muito bem estar te traindo no dia seguinte.

No geral, o contexto deste tipo de aventura é baseado em conquistas, seja de terras, ouro ou pessoas. A ideia principal é expansão do seu povo. Outra coisa a ser dita é que não existe apenas um Lord, nos arredores onde o seu povo vive existem outros povos liderados por outros Lords, cada um com seus interesses.

Bem galera, por hoje é só. Espero que tenham gostado.

Vlw, FUI!

Mestres abusivos

Depois de um tempinho sem post, eis que venho aqui mais uma vez trazendo mais um assunto para discussão. Desta vez quero deixar minha opinião sobre mestres com características abusivas em sua sessão de jogo.

Bem, entes de falarmos sobre este perfil desagradável de mestre vamos tentar entender o que leva a uma pessoa ter tais características.

Alguns possíveis motivos:

  1. Querer ser controlador demais.
  2. Acreditar que o que ele pensa é mais valioso do que o seu grupo pensa.
  3. Não admitir seus erros no contexto narrativo da aventura.
Mestres abusivos - Help RPG
Mestres abusivos – Help RPG

Existem diversas características que eu poderia listar aqui mas apenas listei algumas. Normalmente alguns mestres são assim pelo simples fato de enxergarem a diversão da sessão apenas sobre a sua ótica. Eles não conseguem analisar isso do ponto de vista dos jogadores.

Este tipo de perfil misturado com um pouco de alinhamento (caótico) rsrs… Com certeza resultará num mestre abusivo com os jogadores.

Sobre os três itens listados acima, vou falar sobre uma forma abusiva de cada um deles.

O controlador…

Mestres com este perfil normalmente buscam tornar o curso de sua aventura exatamente como ele escreveu ou pensou. Se no seu contexto o personagem “x” entra na porta “y”, assim será e nada poderá mudar isso. O seu grande problema é quando as coisas fogem ao seu controle e ele tenta de forma abusiva controlar as atitudes do personagem jogador presumindo possíveis ações ou até mesmo tomando a decisão sobre o que o personagem jogador desejaria fazer.

O Sr. Importante!

Este pensa somente por si e seus objetivos no decorrer da aventura. Normalmente ele sempre vai desconsiderar a capacidade dos personagens jogadores caso julgue necessário, sua característica principal é de só dar importância nas ações dos jogadores quando “ele” a julga necessária.

Ele não admitem seus erros

Uma coisa é certa! Todo mundo erra, as vezes cometemos injustiças com certos personagens jogadores, em outras situações somos radicais em algumas atitude e os demais jogadores não gostam.

A grande questão é:

Se você esta errado saiba rever seus conceitos e tentar fazer melhor na próxima vez, se os personagens jogadores saíram no prejuízo por conta de um erro seu (mestre), saiba como contornar esta situação e equilibrar tudo novamente.

Mestres que não admitem erros, acabam sendo abusivos quando cometem uma injustiça ou algo similar com os jogadores. Lembre-se que colocar suas vontades acima das dos jogares quando não há concordância gera conflitos e conflitos tendem a não serem bons.

Como lidar com esta situação?

Se em sua mesa de RPG você está tendo problemas com a forma como o mestre conduz a aventura, eu acredito que você precisa se reunir com os demais jogadores a princípio para discutir sobre esta questão. Após uma discussão com os jogadores você já deve ter em mente os pontos negativos na qual o mestre precisa melhorar e chama-lo para uma conversa.

O objetivo da conversa é fazer o mestre entender que o que ele anda fazendo não está sendo bom para a aventura de vocês e que ele precisa melhorar nestes pontos.

Diante disso os jogadores devem analisar se o mestre está conseguindo tornar as próximas aventuras melhor e que a diversão está sendo garantida. Do contrário eu aconselho que devam escolher um novo mestre para narra as próximas aventuras.

Bem galera por hoje é só, se você ainda não conhece nossos utilitários visite: helprpg.com.br e use nossos utilitários.

Vlw, FUI!

Gerador de Tavernas para RPG

Eaí galera! Blz?

Cara… hoje de bobeira aqui no meu site, percebi que eu ainda não havia falado em texto livre sobre o utilitário gerador de tavernas. Não sei se sabem mas tudo o que crio para o site eu deixo um registro em texto aqui no blog e outro em vídeo falando sobre a ferramenta no youtube (Help RPG canal).

Então para aqueles que ainda não conhecem, já podem conhecer (Gerador de tavernas RPG). Ele é bem simples e direto, você clica num botão e uma taverna aleatória é gerada. Para aqueles que já conhecem, espere um pouco que no final do texto falarei sobre o que esta por vir…

Gerador de tavernas Help RPG
Gerador de tavernas Help RPG

Características da taverna

Nossa taverna gerada traz um nome Ex: (Relicário Das Estrelas), nome do dono, sua raça, idade e tempo de experiência no local.

Além disso alguns aspectos definem o perfil físico e psicológico para este Npc. O mestre deve basear-se nas palavras chaves geradas para estes aspectos para a interpretação deste personagem. Além disso uma você vai encontrar uma listagem com as possíveis coisas de comer que a taverna oferece como venda e como de costuma em toda taverna, aqui também temos algumas bebidas disponíveis.

Por último para momentos de confusão, eu encontrei uma lista interessante que achei válido para este gerador. Deixei disponível algumas coisas mundanas que podem estar perto de você caso uma briga se inicie.

Como eu disse ele é bem simples e serve para criar um clima de surpresa durante as aventuras.

E as novidades cara? cadê?

Bem pessoal, ultimamente estou super atarefado mas mesmo assim reservo alguns dias para produzir a nova versão do site. Como podem ter visto, infelizmente nem consegui fazer um novo vídeo para o canal ainda. Mas quero que saibam que os utilitários estão sendo atualizados para melhor servi-los. Um layout muito mais atrativo está por vir, o cadastro de fichas será mais interativo e suporte a mais sistemas de RPG estarão disponíveis em breve.

E por último, está para rolar um sorteio em breve junto com a galera da Taverna do Elfo. Se ainda não deu like na página do Help RPG, corre pra lá e fique por dentro das novidades.

Agradeço a sua atenção, vlw…

FUI!

Como interpretar personagens ignorantes

Olá jovens! mais uma nova postagem e o tema de hoje vai ser sobre a interpretação de personagens ignorantes. Alguém aí já interpretou um personagem com este perfil? Dias atrás eu criei um bárbaro com este perfil e acabei decidindo falar um pouco sobre isso aqui no Help RPG.

Normalmente personagens bárbaros se encaixam nesta categoria, mas todos sabem que ser ignorante é independente de classe. Entretanto este perfil cai melhor em bárbaros.

Como interpretar personagens ignorantes
Como interpretar personagens ignorantes

Porque interpretar um personagem ignorante?

As vezes um personagem meio pentelho, rabugento e revoltado com a vida traz diversão dentro de uma sessão de jogo. Seu comportamento desajeitado com as palavras podem colocar o grupo em situações difíceis, algumas perigosas e outras bem engraçadas.

A verdadeira finalidade em minha opinião sobre este tipo de personagem se dá ao fato da situação de quebra de padrão dentro de sua aventura. Ter um membro com um comportamento imprudente em sua forma coloquial estabelece uma situação de tensão entre os personagens, pois nunca se sabe o que quele personagem pode falar.

Uma coisa bastante interessante é o jogador buscar explicações para este tipo de perfil. Buscar entender como este personagem se tornou assim pois provavelmente alguma coisa em seu passado o modificou. Talvez isso tenha volta, mas só com o desenrolar da história é que poderíamos saber sobre isso.

Aspectos negativos

Por mais que este tipo de interpretação seja algo inusitado, desafiador e ao mesmo tempo complicado. Você jogador deve saber até onde é o seu limite para se interpretar um personagem com este perfil de forma sadia. Este padrão de interpretação começa a se tornar negativo a partir do princípio em que o jogador começa a causar uma série de problemas, um atrás do outro sem parar.

Por mais que seu personagem seja ignorante, ele deve ter o bom senso de respeitar que deve ser respeitado dentro da aventura. Não invente de destratar o rei, a princesa ou um horando cavaleiro poderoso simplesmente por enfatizar demais este seu perfil.

Se seu personagem é ignorante, beleza! OK! Mas saiba a hora certa pra isso, não é dizer que hora você é assim e hora não é, não é isso! Se trata de variar o grau de ignorância que o personagem tem em seus determinados ambientes.

Alguns exemplos…

Vejamos alguns exemplos… vou começar a tomar pelo meu personagem. Ele em primeira instância é intolerante, está sempre falando num tom conflitante, é direto em suas palavras e na maioria das vezes sua arrogância prevalece.  Qualquer coisa que o incomode já é motivo para uma discussão. Caso a pessoa o desagrade com palavras é bem provável que ele ameace a vida desta pessoa e uma batalha se inicie rsrs.

Outros exemplos são:

  1. Ele não pode ver algo de errado que é o primeiro a fazer uma piada que menospreze quem cometeu o erro. Caso esta pessoal reaja ele já da inicio a uma discussão verbal.
  2. Trata as pessoas como se fossem seus objetos, manda e desmanda, acha que ninguém deve contestar suas ordens. Aquele que o contraria é automaticamente bombardeado por insultos verbais que afetam o emocional de quem sofre as ofensas.
  3. Nunca retribui ajuda com palavras de agrado e muito menos ações. Caso seja contestado sobre isso ele pega a primeira lembrança pejorativa que possa jogar na cara da pessoa e o faz.
  4. Não tem paciência para explicar nada! se uma pessoa o pergunta novamente, esta pessoal já leva um insulto verbal na cara.
  5. Trata quem é mais fraco com total descaso, nunca ouve sua opinião e ideias, sempre diz que ele está errado fazendo piadas pejorativas.

É evidente que existem diversas formas de perfis para se interpretar um personagem com este tipo de alinhamento. Entretanto esta interpretação deve ser moderada pois ninguém vai querer a companhia de alguém completamente “ignorante” em sua equipe. Esta interpretação é válida desde que haja uma harmonia com a história do jogo e o seu grupo. Tem de haver diversão neste paradigma de interpretação.

Como eu sempre digo devemos sempre buscar um equilíbrio e assim garantirmos a diversão.

Eu termino por aqui, espero que tenha gostado deste tema. Até o próximo post.

FUI!

 

Nova versão do site Help RPG!

E aí galera! tudo beleza?

Hoje eu venho falar sobre uma nova versão do site Help RPG que estou projetando. Com o advento de novos utilitários e entre outras possibilidades, eu percebi que na atual estrutura que o sistema se encontra, uma inevitável catástrofe estaria por vir.

Isso se da pelo fato que com o crescimento do sistema, as coisas estão fugindo do meu controle por conta de não haver um bom padrão de estruturação de código para que eu consiga lidar melhor com isso.

Pensando no futuro… rsrs eu resolvi dar uma parada na implementação de novos utilitários, me afastei um pouco do canal (Help RPG Youtube) e estou reescrevendo toda a estrutura do sistema com o objetivo de poder sustentar algo duradouro. Entretanto a mudança não estará restrita somente a parte de estruturação de código. Um novo layout super bacana vai acompanhar esta atualização, novos ícones para representar os utilitários, um formulário de cadastro de ficha muito mais atrativo, melhorias nos utilitários já feito, uma página de perfil para os usuários, galeria de imagens pra galera poder pesquisar por imagens bacanas apenas digitando nome de classe/raça e entre outras coisas.

Além disso planejo criar uma ferramenta que irá estender o uso dos utilitários em outros websites, SIM, isso mesmo! Se tudo der certo como estou planejando, qualquer outra pessoa que possua algum site sobre RPG e queira dispor dos utilitários do Help RPG terá esta opção.

Bem galera por enquanto é apenas isso o que tenho a dizer, talvez na próxima postagem caso eu fale mais alguma coisa sobre a nova versão do site, eu traga um print do novo layout.

Vlw galera

FUI!

Medo de perder o personagem

Bom dia galera, segue mais um assunto que me veio a cabeça para falar hoje. Trata-se de jogadores que prezam a vida de seus personagens como se fossem sua própria vida!  rsrs.

Todo mundo sabe que dentro de uma sessão de RPG, todos os personagens estão sujeitos a morte. Não importa se ele está no nível 1 ou 20, um dia a morte baterá a sua porta em alguma sessão.

Personagem morto. :(
Personagem morto.😦

Eu sei que na medida em que nossos personagens evoluem, nós desenvolvemos um certo apego à aquele personagem. E com isso, imaginar perde-lo é algo tão doloroso quanto um término de namoro hahaha.

É sadio se apegar ao personagem?

Depende do ponto de vista pois na minha opinião até certo ponto sim. Todos nós devemos ter aquele apego e admiração pelo personagem que criamos. Mas devemos saber até que ponto isso é algo “sadio”, não podemos nos deixar levar e permitir que a ambição pela sobrevivência sobressia a interpretação do personagem.

Quando isso começa a ser prejudicial?

Creio que este medo pela perda do personagem começa a ser prejudicial para a aventura a partir do momento em que você deixa de fazer certas atitudes que o seu personagem faria simplesmente pelo medo de perder o personagem. Se você é um samurai é óbvio que dentro do contexto desta classe, caso seu personagem perca a honra, ele venha a cometer seppuku. Sei que é algo super complicado de se interpretar pois a mente de um jogador e a mente de um personagem são coisas completamente diferentes.

Acredito também que o mestre deva saber se impor e conduzir um belo enredo para que se desenrole uma bela história. Pense comigo, imagina que seu personagem samurai épico, cheio de histórias incríveis venha infelizmente perder a sua honra. Bem, no decorrer de uma interpretação normal para um “samurai” ele deveria cometer seppuku. Mas creio que nenhum jogador teria o bom senso de seguir a interpretação e fazer o que tem que ser feito. Afinal isso é algo super chato e desanimador!

Percebendo isso, o mestre deveria criar contextos que permitisse a este personagem uma forma de contornar esta situação sem que seja tirada a vida do personagem. Alguns exemplos seriam ele se tornar um samurai renegado, um objetivo a ser feito antes de morrer, uma promessa e etc. Cabe ao mestre tentar contornar este tipo de situação com uma bela história que torne a aventura algo inesquecível.

Jogadores que não sabem lidar com isso

Sabemos que em uma dada situação, iremos bater de frente com jogadores que não aceitam de forma alguma perderem o seu personagem. Eles normalmente inventam de tentar voltar a cena e diversas outras doideiras que acabam até irritando os outros jogadores.

Minha dica com este tipo de jogador é que você seja pulso firme. Se por algum motivo o personagem dele perdeu a vida de forma inevitável, nada de anormal acontecerá para que este personagem volte. Ele deve entender que o seu personagem está suscetível a morte desde que entrou na aventura, deve entender também que caso ele perca o seu personagem por descuido dele mesmo, o mestre não tem culpa nisso.

Salve exceções como descrito no exemplo do samurai, eu acredito que o mestre deva dar um chance para personagens que tenham uma morte supostamente “injusta”. Do contrário, tudo deve seguir o seu curso normal.

A situação do samurai foi apenas um exemplo que achei que caiu bem para a explicação, mas existem diversas outras situações que possam se encaixar neste assunto, vai depender do perfil do personagem.

Bem galera espero que tenham gostado deste tema, até o próximo post, vlw

FUI!